voluntariado

Ser um voluntário: por que não?

por Suely Oka

 

Você é uma pessoa grata por ter tido oportunidades que outros não tiveram?

Você é grato por ter uma família, um teto e comida todos os dias?

Você é grato por ter saúde?

E principalmente, você é grato por ter sido salvo?

Então pergunto: por que não doar um pouquinho de tudo o que tem para com o seu próximo?

O trabalho voluntário é uma doação: de tempo, de energia, de seu conforto em prol do outro ou em prol de uma causa. Pode ser de algumas horas por semana até uma dedicação integral durante um período. Pode ser na esquina de casa ou no Nepal.

Causas e oportunidades são o que não faltam.

E Deus quer achar em nós um Espírito voluntário para fazermos a vontade Dele.

“Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito voluntário. Então, ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores se converterão a ti.” (Sl 51:12-13)

Estes motivos já seriam suficientes para animá-lo, porém existem mais alguns que gostaria de relatar aqui: são 4 (bons motivos)

1) Faz bem à nossa saúde: Os entrevistados  de um estudo     relataram que, após iniciarem o trabalho voluntário, notaram a melhora e até mesmo o desaparecimento de problemas como insônia, úlceras, dores de cabeça e nas costas, depressão, gripes e resfriados.

2) Potencializa o seu desenvolvimento profissional:

a) Estimula o trabalho em equipe, a liderança, a criatividade e o jogo de cintura (já que aprende a dar o melhor de si mesmo com poucos recursos);– Oferece novos desafios;

b) Possibilita a descoberta de novas habilidades e competências;

c) Permite aplicar conhecimentos já adquiridos;

d)  Expande o seu universo pessoal, tornando-o um profissional diferenciado;

e)  Adquire-se experiência na sua área ou numa área nova

3) Aumenta a sua expectativa de vida

Um estudo analisou mais de 10 mil pessoas e concluiu que aquelas que agem movidas pelo altruísmo envelhecem com mais saúde e podem ter a expectativa de vida ampliada em até quatro anos.

4) Amplia a sua rede de contatos

Ao se engajar em um projeto, você conhece pessoas das mais diferentes áreas profissionais, criando novos vínculos e novas amizades com pessoas que não fazem parte do seu círculo de relacionamentos. Uma ótima oportunidade de unir o útil ao agradável: contribuir para a sociedade e ampliar a sua rede de contatos.

Mas nunca se esqueça que, apesar do trabalho voluntário não ser remunerado, é muito importante que ele seja encarado com responsabilidade, comprometimento e profissionalismo.

Alguns exemplos de voluntariado pelo mundo:

- Cruz Vermelha

- Escotismo

- APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) este é  o maior movimento social de caráter filantrópico

- CVV (Centro de Valorização da Vida)

- Pastoral da Criança

- Amigos da Escola

- Doutores da Alegria

- Voluntariado Internacional

- Greenpeace

E uma infinidade de outros!!!

Portanto, temos o dever, não só como cidadãos do mundo, mas sobretudo, como cidadãos do Reino, para proclamarmos a boa nova, para honra e glória do nosso Deus!

Termino com o lema dos Amigos do Bem:

“Se não posso fazer tudo o que devo, devo, ao menos, fazer tudo o que posso”

Deus abençoe a todos!